Prepare-se – Crônica de Rubens da Cunha

Crônica publicada no Jornal A Notícia me 04/03/2015

Prepare-se

a) Terroristas islâmicos destroem estátuas milenares e impõe suas rígidas leis aos habitantes dos territórios conquistados: mutilações, tortura e morte são a paga para os que não aceitam.

b) Homens, geralmente sob pseudônimos, perseguem, ininterruptamente, mulheres que se pronunciam a respeito do feminismo na internet. As ameaças vão do estupro, tortura dos membros da família, metralhar a casa. Alguns já tem a coragem de mostrar a cara e gravar vídeos defendendo a “educação das mulheres pelo estupro”.

c) Um importante ativista social morre tragicamente. Nos comentários da notícia, pessoas comuns, como nome e sobrenome, afirmam categoricamente que ficaram felizes com a sua morte, que gente como ele tem mais é que morrer mesmo. O motivo: ele era petista e defendia os direitos humanos.

e) Numa igreja evangélica, milhares de homens estão participando de um projeto chamado “Gladiadores do altar”. Eles entram na igreja marchando, cantando em uníssono, fardados, como se fosse um exército. Entre as palavras de ordem está algo como “recuperar a vida dos perdidos”. Em certo momento erguem o braço em linha reta em direção ao altar. Uma imagem muito semelhante foi vista na Alemanha nas décadas de 1930 e 1940.

f) Pessoas estão protestando nas ruas com cartazes escrito: “intervenção miliar já, só o povo nas ruas tem poder”. Ou seja, o protesto deseja um sistema político que impede qualquer tipo de protesto. Na mesma linha de raciocínio, milhares de pessoas acreditam que a polícia tem que matar mesmo. Ou seja, a instituição tem que desobedecer a lei para que a lei seja cumprida.

g) No congresso, o presidente da câmara quer impor o dia do orgulho hétero, do estatuto da família que já não é a mesma há décadas, além de barrar qualquer discussão a respeito do aborto e outras pautas mais progressistas.

Esta é uma lista rápida, com alguns tópicos escolhidos ao acaso entre centenas de outros, que demonstram que estamos vivendo tempos sombrios. A história já mostrou o quanto isso é terrível. Se você é um dos “perdidos”, dos que não se encaixam, dos que não partilham de ondas ou da massa, prepare-se. A perseguição está aí, na nossa porta, e ela não vai bater para poder entrar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: